Formação do PCB

1922/1928 - Notas e documentos

Astrojildo Pereira

R$ 35,00 Comprar

Formação do PCB
  • autor: Astrojildo Pereira
  • prefácio: José Antonio Segatto
  • orelha: Fernando Garcia
  • capa: Maikon Nery
edição:
1
selo:
Boitempo
páginas:
192
formato:
21cm x 15cm x 2cm
peso:
300 gr
ano de publicação:
2022
encadernação:
brochura
ISBN:
9786557171486

No ano do centenário de fundação do Partido Comunista Brasileiro (PCB) a Boitempo e a Fundação Astrojildo Pereira relançam um autor fundamental da nossa cultura: Astrojildo Pereira (1890-1965). Principal articulador da fundação do PCB em março de 1922, Astrojildo escreveu ao longo dos anos, para jornais e revistas, uma série de textos sobre os acontecimentos que marcaram a fundação do partido. Em 1962, quando se comemorava os 40 anos da fundação do partido, reuniu os melhores artigos e notas sobre a história da legenda e os publicou com o título Formação do PCB 1922/1928.
 
Nesse conjunto de textos, Astrojildo apresenta as lutas operárias desde os últimos anos do século XIX e a criação das bases que possibilitaram a fundação do partido. Reúne também muitas de suas memórias daqueles anos e uma série de contribuições às revistas Movimento Comunista, A Classe Operária e A Nação, veículos que Astrojildo esteve à frente e colaborava regularmente. A obra traz importantes contribuições históricas sobre a construção do movimento operário brasileiro pela lente de um dos seus principais protagonistas.
 
A nova edição conta com uma nova padronização editorial e atualização gramatical. O prefácio é assinado pelo professor José Antonio Segatto e a orelha pelo historiador Fernando Garcia. Esses dois pesquisadores, especializados na história do PCB, ajudam a desvendar a relevância do livro de Astrojildo Pereira. As fotos originais do livro foram mantidas e novas, provenientes do arquivo pessoal de Astrojildo, atualmente preservado pelo Centro de Documentação e Memória (CEDEM) da Universidade Estadual Paulista (UNESP), incluídas.
 
Trecho

 

“O Congresso de fundação do Partido não foi coisa realizada de improviso, mas resultou de um trabalho de preparação que durou cerca de cinco meses. Por iniciativa e sob a direção do Grupo Comunista instalado no Rio a 7 de novembro de 1821, outros grupos se organizaram, nos centros operários mais importantes do pais, com o objetivo precípuo de marchar para a fundação do Partido. Tinha-se em vista estabelecer certos pontos de apoio nas regiões onde havia alguma concentração de massa operária. Compreendia-se, por outro lado, que o Partido devia ter desde o início um caráter definido de partido político de âmbito nacional.”